10 de setembro

Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio
10/09/2021 13:23




<p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">Anualmente, s&atilde;o registrados mais de 13 mil suic&iacute;dios no Brasil e mais de 1 milh&atilde;o no mundo. Esses dados, infelizmente, s&atilde;o a realidade que nos acomete no que diz respeito a esta tem&aacute;tica. Por isso, desde 2014, a Associa&ccedil;&atilde;o Brasileira de Psiquiatria &ndash; ABP, juntamente com o Conselho Federal de Medicina &ndash; CFM, organiza em &acirc;mbito nacional o Setembro Amarelo. Essa campanha que dura todo o ano tem como objetivo prevenir e reduzir os n&uacute;meros supracitados. E, hoje, dia 10 de Setembro, &eacute; oficialmente o Dia Mundial de Preven&ccedil;&atilde;o ao Suic&iacute;dio.</span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">Segundo a Cartilha &ldquo;Suic&iacute;dio &ndash; Informando para prevenir&rdquo; ABP/CFM (dispon&iacute;vel no site:</span><a href="http://www.setembroamarelo.com"><span style="font-weight: 400;"> </span><span style="font-weight: 400;">www.setembroamarelo.com</span></a><span style="font-weight: 400;">), o suic&iacute;dio tem como uma de suas defini&ccedil;&otilde;es &ldquo;um ato deliberado executado pelo pr&oacute;prio indiv&iacute;duo, cuja inten&ccedil;&atilde;o seja a morte, de forma consciente e intencional, mesmo que ambivalente, usando um meio que ele acredita ser letal. Tamb&eacute;m fazem parte do que habitualmente chamamos de comportamento suicida: os pensamentos, os planos e a tentativa de suic&iacute;dio.&rdquo; (p. 9). &Eacute; importante destacar que apenas uma pequena propor&ccedil;&atilde;o desse comportamento suicida chega ao nosso conhecimento.</span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">O suic&iacute;dio n&atilde;o &eacute; um comportamento novo, muito pelo contr&aacute;rio, &eacute; um fen&ocirc;meno que j&aacute; est&aacute; presente na hist&oacute;ria da humanidade h&aacute; um bom tempo e em todas as culturas. Suas causas, defini&ccedil;&otilde;es, motiva&ccedil;&otilde;es e afins, embora muito &ldquo;procuradas&rdquo; pelos que tentam justificar os atos, nem sempre d&atilde;o conta das caracter&iacute;sticas multifatoriais desse comportamento que, al&eacute;m disso, &eacute; muitas vezes o resultado de uma complexa intera&ccedil;&atilde;o de fatores psicol&oacute;gicos, biol&oacute;gicos, gen&eacute;ticos, culturais e socioambientais. Portanto, n&atilde;o deve ser limitado a uma justificativa, um &uacute;nico fator, mas deve ser considerado como desfecho de uma s&eacute;rie de fatores que se acumulam ao longo da vida de algu&eacute;m - infelizmente.</span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">&Eacute; necess&aacute;rio considerar o suic&iacute;dio uma quest&atilde;o de sa&uacute;de p&uacute;blica, &eacute; importante falar sobre essa tem&aacute;tica em cada vez mais ambientes, desmistificar equ&iacute;vocos, preconceitos que historicamente se repetem na forma&ccedil;&atilde;o de estigmas em torno, por exemplo, das doen&ccedil;as mentais e do comportamento suicida. &Eacute; importante estarmos atento &agrave;s pessoas, pois, como sugere a campanha desse ano: &ldquo;agir salva vidas!&rdquo;</span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">Portanto, movidos/as por esse dia de alerta e, sobretudo, de discuss&atilde;o e de busca por mais conhecimento, sem negligenciarmos todo o restante do ano, visto que essa tem&aacute;tica sempre requer a aten&ccedil;&atilde;o de todos, roguemos ao nosso bom Deus para que nos d&ecirc; coragem, discernimento e paci&ecirc;ncia para que possamos ser agentes na vida de quem sofre da desesperan&ccedil;a, desamparo e de quem n&atilde;o enxerga mais possibilidades de &ldquo;sa&iacute;das&rdquo;. Roguemos ao nosso bom Deus para que aben&ccedil;oe a todos e a cada um - a partir de suas necessidades, as quais desconhecemos.</span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">&nbsp;</span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">Lembrando que o Centro de Valoriza&ccedil;&atilde;o da Vida (CVV) realiza apoio emocional e preven&ccedil;&atilde;o do suic&iacute;dio, atendendo volunt&aacute;ria e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar (as conversas s&atilde;o sigilosas e podem ser realizadas por telefone, e-mail e chat, 24 horas, todos os dias).</span></p> <p style="text-align: justify;"><span style="font-weight: 400;">N&uacute;mero do CVV: 188</span><span style="font-weight: 400;"><br /></span><span style="font-weight: 400;">Site:</span><a href="https://www.cvv.org.br/"><span style="font-weight: 400;"> </span><span style="font-weight: 400;">https://www.cvv.org.br/</span></a><span style="font-weight: 400;"> (chat e e-mail)</span></p>

Equipe de Comunicação Segue-me Natal
Dia Mundial de Prevenção ao Suicídio

   

Comentários


Nenhum comentário...

Informar o Nome.
Informar o Email.
Informar o Comentário