18 de maio: Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

18/05/2021 14:46




<p style="text-align: justify;">Ol&aacute;, queridos seguidores!</p> <p style="text-align: justify;">Hoje, dia 18 de maio &eacute; o dia Nacional do Combate ao Abuso e &agrave; Explora&ccedil;&atilde;o Sexual de Crian&ccedil;as e Adolescentes. Essa data foi determinada, oficialmente, pela lei 9.970/2000 em mem&oacute;ria &agrave; Araceli Crespo &ndash; que foi sequestrada aos 08 (oito) anos, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. Este dia &eacute; destinado pelo Comit&ecirc; Nacional de Enfrentamento &agrave; Viol&ecirc;ncia Sexual de Crian&ccedil;as e Adolescentes para alertar toda a sociedade da importante necessidade de preven&ccedil;&atilde;o &agrave; viol&ecirc;ncia sexual. Portanto, &eacute; um bom dia para refletirmos nosso papel de crist&atilde;os na sociedade e para que cuidemos cada vez mais de nossas crian&ccedil;as e adolescentes.</p> <p style="text-align: justify;">Para nos ajudar a refletir um pouco sobre essa tem&aacute;tica, chamamos o seguidor Iago Oliveira da Par&oacute;quia de S&atilde;o Pedro Ap&oacute;stolo, que faz um belo trabalho di&aacute;rio de planejamento, a&ccedil;&atilde;o e divulga&ccedil;&atilde;o envolvendo essa tem&aacute;tica e outras afins, para conversar um pouquinho com a gente sobre a causa deste dia. Logo abaixo, voc&ecirc; acompanha a &iacute;ntegra da entrevista.<br /><br /></p> <p style="text-align: justify;"><em>1) Iago, fala um pouco de voc&ecirc;, enquanto seguidor, e de sua forma&ccedil;&atilde;o profissional.</em></p> <p style="text-align: justify;">Ol&aacute; pessoal, tudo bem? Antes de qualquer coisa gostaria de parabenizar o Conselho Arquidiocesano do Segue-Me pela excelente iniciativa de falar sobre uma tem&aacute;tica tāo complexa e tāo importante, muito me honra ter sido convidado para falar um pouco sobre a tem&aacute;tica. Agora, respondendo &agrave; pergunta (risos), fiz o XXII Segue-Me na Par&oacute;quia de S&atilde;o Pedro Ap&oacute;stolo, sou formado em Gest&atilde;o de Pol&iacute;ticas P&uacute;blicas pela UFRN, com atua&ccedil;&atilde;o profissional de 8 anos na pol&iacute;tica de Assist&ecirc;ncia. Atualmente, sou servidor do munic&iacute;pio de Cear&aacute;-Mirim e Vice Presidente do Instituto Estadual de Erradica&ccedil;&atilde;o do Trabalho Infantil Prote&ccedil;&atilde;o e Aprendizagem do Adolescente Trabalhador no Rio Grande do Norte.</p> <p style="text-align: justify;"><em>2) Como foi o seu primeiro contato com o tema? </em></p> <p style="text-align: justify;">O primeiro contato com a tem&aacute;tica ocorreu quando fui trabalhar na Secretaria Municipal de Trabalho e Assist&ecirc;ncia Social no munic&iacute;pio de Maca&iacute;ba e aprofundei mais sobre o tema quando fui coordenar as A&ccedil;&otilde;es Estrat&eacute;gicas do Programa de Erradica&ccedil;&atilde;o do Trabalho Infantil e pude representar o munic&iacute;pio na coordena&ccedil;&atilde;o colegiada do F&oacute;rum Estadual de Erradica&ccedil;&atilde;o do Trabalho Infantil Prote&ccedil;&atilde;o e Aprendizagem do Adolescente Trabalhador no Rio Grande do Norte, em ambas as oportunidades planej&aacute;vamos a&ccedil;&otilde;es para o enfrentamento da explora&ccedil;&atilde;o sexual de crian&ccedil;as e adolescentes.</p> <p style="text-align: justify;"><em>3) Em que momento voc&ecirc; percebeu/decidiu que poderia/deveria fazer alguma coisa em prol dessa causa?</em></p> <p style="text-align: justify;">Foi durante o planejamento e a execu&ccedil;&atilde;o de a&ccedil;&otilde;es que percebi a profundidade da problem&aacute;tica, dificuldade de informa&ccedil;&otilde;es, aus&ecirc;ncia de pol&iacute;ticas p&uacute;blicas eficientes ao enfrentamento e uma sociedade que ainda trata o assunto como algo a ser mais escondido do que combatido, que pude perceber que n&atilde;o s&oacute; poderia, mas deveria fazer algo para buscar mudar essa realidade.</p> <p style="text-align: justify;"><em>4) A partir das suas experi&ecirc;ncias e contato com os dados mais recentes, qual a situa&ccedil;&atilde;o das crian&ccedil;as e adolescentes no nosso estado (RN) no que diz respeito ao abuso e explora&ccedil;&atilde;o sexual de crian&ccedil;as e adolescentes?</em></p> <p style="text-align: justify;">Antes de responder objetivamente essa pergunta, vale lembrar que na imensa maioria dos casos de abuso ou de explora&ccedil;&atilde;o sexual, os agressores s&atilde;o familiares ou pessoas de confian&ccedil;a da fam&iacute;lia, isso somado ao contexto de pandemia, onde as crian&ccedil;as est&atilde;o em isolamento (muitas vezes) com seus agressores ou tem uma maior aproxima&ccedil;&atilde;o com eles, com o agravante da diminui&ccedil;&atilde;o do contato com pessoas ou profissionais que possam identificar a agress&atilde;o, afirmo que nossas crian&ccedil;as e adolescentes est&atilde;o desprotegidas e em risco constante.</p> <p style="text-align: justify;"><em>5) Acreditamos que v&aacute;rias inst&acirc;ncias da sociedade devem ser inseridas nessa discuss&atilde;o, como fam&iacute;lia e o poder p&uacute;blico. O que gostar&iacute;amos de saber de voc&ecirc;, Iago, &eacute; qual seria o papel da igreja em rela&ccedil;&atilde;o &agrave; preven&ccedil;&atilde;o ao abuso e explora&ccedil;&atilde;o sexual de crian&ccedil;as e adolescentes?</em></p> <p style="text-align: justify;">Acredito que o papel da Igreja deva ser um papel de lideran&ccedil;a no enfrentamento ao abuso e explora&ccedil;&atilde;o sexual. Atrav&eacute;s de seus movimentos e pastorais, a igreja pode chegar &agrave;s mais diferentes localidades e classes sociais, podendo realizar desde oficinas e cursos sobre a tem&aacute;tica, at&eacute; o acompanhamento das pessoas e fam&iacute;lias v&iacute;timas dessa viol&ecirc;ncia.</p> <p style="text-align: justify;">Cabe ressaltar que a Igreja j&aacute; faz, em algumas par&oacute;quias, a&ccedil;&otilde;es supramencionadas, entretanto, acredito que deva ser algo institucional, que a igreja em todo mundo possa fazer.</p> <p style="text-align: justify;"><em>6) Qual a mensagem que voc&ecirc; quer deixar pra todos os seguidores a respeito do dia 18 de maio?</em></p> <p style="text-align: justify;">Sei que alguns de voc&ecirc;s pode ter chegado at&eacute; aqui se questionando sobre sua obrigatoriedade, ent&atilde;o, antes de deixar meu recado deixo a transcri&ccedil;&atilde;o do art. 227 da CF:</p> <p style="text-align: justify;">Art. 227 &Eacute; dever da fam&iacute;lia, da sociedade e do Estado assegurar &agrave; crian&ccedil;a, ao adolescente e ao jovem, com absoluta prioridade, o direito &agrave; vida, &agrave; sa&uacute;de, &agrave; alimenta&ccedil;&atilde;o, &agrave; educa&ccedil;&atilde;o, ao lazer, &agrave; profissionaliza&ccedil;&atilde;o, &agrave; cultura, &agrave; dignidade, ao respeito, &agrave; liberdade e &agrave; conviv&ecirc;ncia familiar e comunit&aacute;ria, al&eacute;m de coloc&aacute;-los a salvo de toda forma de neglig&ecirc;ncia, discrimina&ccedil;&atilde;o, explora&ccedil;&atilde;o, viol&ecirc;ncia, crueldade e opress&atilde;o.</p> <p style="text-align: justify;">Ent&atilde;o, enquanto membros da sociedade, devemos assegurar os direitos de nossas crian&ccedil;as e adolescentes.</p> <p style="text-align: justify;">Dito isso, pe&ccedil;o que escute a palavra de Deus e seja forte e corajoso, denuncie tudo o que desconfiar que possa ser um abuso ou explora&ccedil;&atilde;o, as den&uacute;ncias podem ser feitas atrav&eacute;s do disque 100, Minist&eacute;rio P&uacute;blico, Portal do Minist&eacute;rio da Mulher, da Fam&iacute;lia e dos Direitos Humanos, Pol&iacute;cia Militar, Policia Federal, Policia Rodovi&aacute;ria Federal, Delegacias e CREAS e Conselho Tutelar.</p> <p style="text-align: justify;">Convido a todos que conhe&ccedil;am as p&aacute;ginas do @focarn @forum_fnpeti e acompanhem o que o f&oacute;rum estadual e nacional est&atilde;o fazendo para assegurar os direitos das crian&ccedil;as e adolescentes.</p> <p style="text-align: justify;">Aproveito ainda para pedir que divulguem informa&ccedil;&otilde;es sobre a tem&aacute;tica e utilize suas redes sociais para juntos erradicarmos todas as viol&ecirc;ncias contra crian&ccedil;as e adolescentes.</p>

Equipe de Comunicação Segue-me Natal
Dia Nacional do Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

   

Comentários


Nenhum comentário...

Informar o Nome.
Informar o Email.
Informar o Comentário